MELISSA CELEBRA SEUS 35 ANOS COM O MOVE! Plasticity

12:22

MELISSA CELEBRA SEUS 35 ANOS COM O MOVE! Plasticity.
Mostra interativa traz artistas americanos e brasileiros para criar obras inspiradas na plasticidade com curadoria de Cecilia Dean e David Colman.



Reconhecida em todo o mundo pelo seu trabalho inovador com o plástico, a Melissa comemora 35 anos em 2014 buscando e lançando tendência a cada nova coleção.

A inovação e o design de plástico têm chamado a atenção de renomados estilistas e suas marcas pelo mundo. Foi através deste reconhecimento que a Melissa firmou colaborações com renomados nomes da moda mundial, o que reforça o pioneirismo da marca como lançadora de tendências na moda e o seu posicionamento como líder no segmento de calçados em plástico.

Desde a década de 80, a Melissa convida grandes personalidades, nacionais e internacionais, para desenvolver seus produtos. No começo, nomes como Jean Paul Gaultier, Elisabeth De Seneville, Jacqueline Jacobson, Patrick Cox e Thierry Mugler fizeram criações surpreendentes, que chamaram a atenção. Ao decorrer desses anos, inúmeros co-branings foram realizados com os designers Karim Rashid, Gaetano Pesce, Zaha Hadid, e os britânicos, J. Maskrey, Judy Blame, Gareth Pugh, a estilista Vivienne Westwood e o mais recente estilista a entrar para o time de colaboradores da Melissa foi Karl Lagerfeld, um dos mais importantes estilistas da atualidade.

Para celebrar esta data tão importante a marca faz o Move! Plasticity, um evento único, que mixa arte e moda através de vários tipos de instalações, explorando elementos como criatividade, identidade, movimento, performance e expressividade. As obras que convidam o público a fazer parte da experiência de total interação com diferentes formas de arte.
Com direção de Antonio Haslauer e curadoria de Cecilia Dean, co-fundadora da revista Visionaire, e pelo jornalista de arte e moda David Colman, o MOVE! Plasticity apresenta cinco “movimentos” por artistas de expressão internacional - Eli Sudbrack, Ryan Mcnamara, Valeska Soares , Rob Pruitt, Rimon Guimarães para Coletivo Banzai – que explorará as nuances da arte com o plástico em um contínuo processo de moldagem e  transformação. A forma é só um começo.
Na visão dos curadores Cecilia Dean e David Colman, “é importante colocar os universos da arte e da moda e acessórios em um contato mais direto com as pessoas e, através deste diálogo, energizar nessa relação com o público”. Para eles, “a proposta da mostra “MOVE!” é que todos possam vivenciar o processo criativo e participar ativamente da relação vital da moda com a arte, sem se prender a noções pré-estabelecidas”.
A exposição terá inicio no dia 04 de novembro no Lounge da Bienal do Ibirapuera, e ficará até o dia 09 de novembro, aberta ao público, com entrada franca.
Sobre o MOVE
A mostra “MOVE!”, foi criada e apresentada originalmente no MOMA PS1, de Nova Iorque. Em outubro de 2010, a primeira edição foi organizada e curada por Cecilia Dean, co-fundadora da revista Visionaire, e por David Colman.
Realizada no Brasil pelo Sesc São Paulo, em 2013 a mostra  incluiu alguns trabalhos apresentados no MOMA-PS1 junto a um novo conjunto de performances inéditas, especialmente concebidas para o Sesc por artistas brasileiros e estrangeiros. Como Vik Muniz e Rob Pruitt.
Curadores
Cecilia Dean
Conhecida figura do circuito cultural nova-iorquino, protagonizou a fusão de arte e moda ao co-editar, em 1991, a revista Visionaire. Ex-modelo, posou para importantes fotógrafos como Richard Avedon, Mario Testino e Steven Meisel, talentos que viria a editar em históricas edições da publicação que dirige. Graduada em Literatura Inglesa e Francesa na Universidade de Columbia, também leciona Comunicação na Parsons School of Design e realiza palestras em Nova York, Moscou, Zurique e Hamburgo. Admirada por seu senso crítico, é presença frequente nas listas internacionais dos mais bem-vestidos.
David Colman
Jornalista, escritor, editor, stylist e artista, David é assíduo colaborador do jornal The New York Times nas seções de arte, moda e sociedade. Assinou edições especiais da revista New York Magazine, produzindo editoriais de moda, e foi colaborador de revistas como a Artforum e Vogue. Antes de mudar-se para Nova York, em 1993, estudou Literatura e História da Arte na Universidade Brown e Artes na Rhode Island School of Design.
Direção geral
Antonio Haslauer
Consultor internacional de arte e moda radicado em Nova York, Antonio foi pioneiro em internacionalizar a moda brasileira. Foi CEO internacional da marca Forum por mais de dez anos. Liderou operações internacionais de vulto como a “Macy’s Brasil Magical Journey”. Atualmente encabeça a AH Advisory, empresa focada em moda, arte e posicionamento de marcas, e integra o projeto BE BRASIL, da Apex, que promove inovação em design, moda, arte e lifestyle brasileiro no mundo. Graduado em Literatura pela Universidade de Sorbonne, Paris, cursou também International Business na Universidade de Harvard.
Ryan McNamara, denominado pelo The New York Times como “príncipe saltimbanco da arte performática de downtown NY”, vai sempre além ao uso de novas e intrigantes maneiras de envolver as pessoas e capturar a imaginação do público. O artista circula com desenvoltura no ambiente tradicional do teatro ou em correntes mais direcionais, como redes sociais ou novos movimentos de arte de rua que emergem constantemente em Nova York. Para o “Move!Plasticity”, o artista nova-iorquino criou uma instalação de pernas coreografadas que evocam os tempos de ouro de Hollywood e os nightclubs de revista. Interativa, a obra convida o público a participar nesta instalação divertida e delirante ao mesmo tempo. A instalação abre a mostra como uma obra em movimento. Em um corredor estarão expostos uma série de sapatos icônicos da marca Melissa. Logo acima das peças, haverá aberturas por onde dançarinos, e por vezes o próprio público, passarão as pernas, calçarão os sapatos e iniciarão uma coreografia dirigida pelo próprio artista, em uma sequencia surreal e surpreendente.


Eli Sudbrack, líder do coletivo AVAF (AssumeVividAstroFocus) e um dos mais conhecidos e respeitados artistas brasileiros no universo da arte internacional , apresenta uma obra que seduz e fascina o público com sua estética exuberante e lúdica. Este senso do fantástico é expandido consideravelmente com uma instalação tecnológica futurista de moldagem da Melissa: o artista concebeu uma série de redes delicadamente tecidas com plástico, que convidam o público a um repouso, enquanto contempla a obra de vídeo do artista, o que os transportará a um universo sensorial psicodélico; uma homenagem à instalação de Lucio Costa, na Trienalle de Milão, em 1964.

Valeska Soares apresenta uma instalação que discute o conceito de plasticidade. A artista nascida Belo Horizonte e baseada em Nova York, é conhecida por explorar as fronteiras entre a arte e os objetos que nos circundam, revelando a beleza inesperada em itens como móveis ou livros. Em 2013, Valeska criou a obra performática “Push Pull”, uma das mais poéticas, visualmente estimulantes e deliciosas expressões de plasticidade jamais criadas por um artista. Para “Move!Plasticity”, Valeska concebeu uma nova edição da obra na qual quatro atores interpretam o processo de moldagem de um caramelo, que transforma um bloco sólido de 12 kg de bala em uma forma escultural que não cessa de se transformar em constante  metamorfose a partir da interação com o público, que pode retirar pedaços do caramelo e comer.
O artista norte-americano Rob Pruitt, um dos artistas mais expressivos e inventivos de sua geração, gosta de brincar com as expectativas em torno do que é um artista contemporâneo. Rob integra ao seu trabalho um senso de humor e prazeres secretos do senso de culpa. Criador da “passarela virtual” da última edição da mostra “Move!” no Sesc Belenzinho, em 2013, ele agora se supera nesta edição, propondo ao público uma experiência completa, onde o cenário e os calçados são os veículos da transformação. O público caminhará sobre uma esteira usando Melissas e, graças a efeitos especiais, o espectador será transportado a uma variedade de cenários e backgrounds diferentes.


Para esta edição da “Move!Plasticity”, o artista brasileiro Rimon Guimarães, do coletivo criativo Banzai, interpreta a fusão do tangível (moda e graffiti) com o intangível (vídeo e tecnologia)  através de uma instalação vídeo-interativa. O público é convidado a posicionar-se diante de uma escultura abstrata e sensores são acionados automaticamente dando início a uma série de imagens que dão vida a escultura, que se transforma em diferentes personagens e imagens proporcionando uma experiência única da pessoa interagindo com a obra.

MOVE! Plasticity
Lounge da Bienal de São Paulo
Período expositivo: de 4 a 9 de novembro 2014
Abertura para convidados no dia 3 de novembro, segunda-feira às 20h

Horário de visitação: terça, quinta, sexta-feira e domingo, das 9h às 19h (entrada até às 18h); quarta-feira e sábado, das 9h às 22h (entrada até 21h)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 3
Entrada gratuita/ livre
Hashtags: #MOVEmelissa e #melissa35


You Might Also Like

1 comentários

  1. Acho q a Melissa deveria dar passagens para SP de presente para nos!!! Hehehe..

    ResponderExcluir

Curta no Face


Subscribe